quinta-feira, dezembro 17, 2009

Mundo futuro

Jardim de Belém / Foto TL, 2009

Muito do mundo que era meu já não existe,
o que por vezes me deixa triste,
mas a verdade é que, todos os dias,
surgem pessoas e coisas novas
que me transmitem esperança e alegrias
e se obstinam em dar-me provas
de que a vida não é um lugar escuro
atulhado de teias do passado
mas um terraço aberto e arejado
à espreita do futuro.

6 Comments:

Blogger jrd said...

Debrucemo-nos então e partilhemos o futuro.

12:41 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Isso mesmo, JRD.

10:38 da manhã  
Blogger mdsol said...

:)

4:58 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

:)

10:20 da manhã  
Blogger addiragram said...

Não perco muito tempo no que já não existe...gosto mesmo é do que vai existindo. Esse "terraço aberto e arejado" é mesmo o melhor que nos pode acontecer a todos.

12:04 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Também acho, Margarida.

10:15 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home