quinta-feira, agosto 25, 2011

Dúvida

Cais do Sodré
Tive tudo e não tive nada
fui rico e pobre de pedir
e para o resto da jornada
dava-me jeito descobrir
se o que me espera além da estrada
é uma nova madrugada
ou uma noite de fugir.

E desta dúvida cativo
sinto-me livre e sobrevivo.

6 Comments:

Blogger luisa said...

Além da estrada: o mistério; na caminhada: a alternância entre a dúvida e a fé. :)

10:15 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

A dúvida é essencial, cara Luísa.
Continuação de boas férias!

2:03 da tarde  
Blogger Valquíria said...

Acho que sábado é a rosa da semana.
Clarice Lispector.

Passando pra conhecer teu espaço, lindo! volto.
Beijos no caneiro do teu viver.

3:27 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijos também, cara Valquíria!

8:02 da tarde  
Blogger jrd said...

Importa saber viver com a dúvida.
Abraço

8:09 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

É o que vou tentando, amigo João!
Outro.

9:09 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home