segunda-feira, junho 29, 2009

Ah se não fosse

Acrílico sobre tela / TL, 2008

Ah se não fosse o medo
e as negas da sorte
ah se não fosse sempre cedo
de mais para a morte
ah se não fosse o muro
a limitar o espaço
ah se não fosse o futuro
amanhecer tão baço
ah se não fosse a idade
e a tensão alta
ah se não fosse a liberdade
dar tanta falta
ah se não fosse o mundo
estás a ver
ah se não fosse tudo
e o mais que vier.

9 Comments:

Blogger JúliaML said...

ah se não fosse o poeta, nós não saberíamos como dizê-lo...

9:35 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Grato pelo "privilégio", cara Júlia...

2:04 da tarde  
Blogger mdsol said...

Concordo com JuliaML
Que seria de nós sem poetas e.... pintores.

:)))

4:41 da tarde  
Blogger jrd said...

Ah poeta-pintor se não fosse a tua alma, aberta para o mundo!
Abraço

5:39 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Sempre generosos, caros Mdsol e JRD...

:))) e abraço também.

8:43 da tarde  
Blogger nadir said...

melhor que ninguém, o poeta entende...

abraço


margarida

5:40 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro abraço, cara Margarida.

7:27 da tarde  
Blogger addiragram said...

Ah se não fosse o saber dizer...

as palavras ficariam desabitadas!

Parabéns!

2:08 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Obrigado, Margarida. Que seria de nós sem as palavras que habitamos?

3:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home