segunda-feira, junho 08, 2009

Carpe diem

Rua de S. Bento / Foto TL, 2009
Cada momento é único. Não há
forma de repetir o já vivido.
Por isso mesmo faz todo o sentido
agarrar bem o que o instante dá.

O que passou passou e já não está.
Ninguém volta ao caminho percorrido
nem pode reviver o acontecido,
por mais que queira ou onde quer que vá.

Vive, portanto, o mais intensamente
que puderes cada hora e cada dia.
Não olhes para trás e segue em frente,

que o passado se esfuma, não se adia,
e o futuro, que vem sempre de repente,
de repente é saudade e nostalgia.

7 Comments:

Blogger Viagens pelo Mundo said...

Caro Poeta,
Sem dúvida que partilho a sua postura positiva perante a vida. O passado já passou e o caminho é mesmo em frente, sem olhar para trás. E que bem que sabe! Encanta-me esta sua faculdade de escrever sobre a vida, onde todos nós nos podemos rever nos pequenos detalhes. É esta uma das belezas da poesia. Um grande abraço, CRV

1:06 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Grato pelas suas palavras, dou-lhe um grande abraço também, cara CRV.

2:01 da tarde  
Blogger jrd said...

Quando sentirmos a saudade e a nostalgia do futuro que se avizinha, teremos de saber construir a esperança e a certeza do que vier a seguir.
Abraço

3:24 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

É igualmente a minha opinião, caro JRD.
Outro abraço.

5:59 da tarde  
Blogger once said...

Durante anos tive dificuldades em concentrar-me no dia Caro Poeta :) hoje penso que desperdicei momentos preciosos ao passar-lhes por cima em busca do futuro.

:)) Gostei imenso *

3:06 da tarde  
Blogger drengo said...

Tenho andado arredado destes prazeres que são os seus poemas em letra e das imagens que os complementam. Pegar nestes momentos aqui, e apreciá-los, tem muito a ver com o que aqui diz.

...e embora o mereça sempre, hoje senti necessidade de ter tempo para lhe dizer o quanto aprecio o que escreve, e que dá a ler e sentir.

Bem haja. Neste pequeno instante, e sempre.

J.

7:50 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Um beijinho, caríssima Catarina.

Bem haja também, caro J.

9:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home