terça-feira, junho 16, 2009

Paixão

Acrílico sobre tela / TL, 2008
A vida ou é paixão ou não interessa,
tudo o mais é somente imitação
e, por mais que dês voltas à cabeça,
não acharás outra razão
que dê sentido a esta caminhada
de aparente rumo ao nada.

Apenas a paixão sabe explicar
o que não tem qualquer explicação:
esta urgência de se dar
sem supor compensação.

7 Comments:

Blogger jrd said...

Paixão na poesia, na câmara, na tela. Paixão pela vida, inteira e total, a tua.
Um abraço amigo de grande admiração.

1:42 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Estou-te muito grato pelas constantes palavras de incentivo, caro JRD.

9:00 da manhã  
Blogger once said...

"de aparente rumo ao nada" é tão verdade! ;) mas um nada cheio de pequenas poeiras que nos enchem os olhos e o coração.

:) fabuloso * como sempre.

4:52 da tarde  
Blogger addiragram said...

E a paixão sente-se bem não só nas palavras como na tela. Ela é a Vida!

5:09 da tarde  
Blogger Rakiely said...

paixão pela vida é certo!! =)

(peço desculpa pelo erro no nome, e a correcçao ja foi efectuada ;) ja sei com o que confundi: com um livro que tenho em casa que tem o titulo 'torquato tasso', de goethe, mas depois fui rever o titulo e vi que nao era e lembrei-me de uma personagem de uma série que vi uma vez, esse sim era torquatro!)

10:22 da tarde  
Blogger mdsol said...

É tudo bom e intenso.
:))

10:46 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

:) fabulosa é a sua generosidade, Catarina.

E também a sua, Margarida.

Muita paixão, Rakiely. (A propósito do nome, também há o livrinho do Gato Torquato, que há tempos comprei e ofereci ao filhote de um casal amigo...)

É isso mesmo, Mdsol :))

9:29 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home