segunda-feira, janeiro 25, 2010

Fantasmas

Rua da Quintinha / Foto TL, hoje
Dos nocturnos terrores da infância
aos tremores do avanço da idade,
a que em boa verdade
não convém dar importância,
abundam os fantasmas insolentes
que a toda a hora nos ferram os dentes.

Importa pôr-lhes trela
antes que nos magoem a canela.
E a melhor forma de o fazer
é anulá-los com as alegrias
que, diga cada um o que disser,
também nos cumprem os dias.

5 Comments:

Blogger jrd said...

Vamos caçá-los a todos.
Abraço

7:49 da tarde  
Blogger Mar Arável said...

Que se cumpram os dias

Abraço

9:42 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Isso é que é optimismo, JRD!
Outro abraço.

Oxalá, Filipe! Um abraço também.

9:47 da manhã  
Blogger mdsol said...

Gosto da sua direcção no sentido do optimismo.
:)))

7:34 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

:)))

9:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home