segunda-feira, agosto 22, 2005

Etapas

Não te detenhas nos corredores sombrios,
são apenas etapas que importa ultrapassar.
De qualquer modo, não passam de episódios
e têm forçosamente um fim.

Os precipícios só existem
na cabeça de quem os inventa.

Nunca cedas ao medo das viagens longas,
de que a vida também se faz.
Na primeira carruagem dos comboios nocturnos
viaja sempre a madrugada.

Quando o sol te acordar, verás que o pesadelo
não passou disso mesmo, um pesadelo.

(2005)

5 Comments:

Blogger Mendes Ferreira said...

Quem dera...Lindíssima etapa...

10:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Simplesmente fantástico!!! Mj

7:28 da tarde  
Blogger AmigaTeatro said...

=)

4:53 da tarde  
Blogger João Carvalho Fernandes said...

Cada vez gosto mais do que escreve!

Um abraço

10:17 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Obrigado, meu caro. Também sou admirador diário do seu "Fumaças". Outro abraço!

9:53 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home