segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Âmago















Santa Catarina, Porto.
Foto TL

Alisar-lhe os cabelos, percorrer
uma a uma as avenidas
que conduzem ao seu rosto.
Sem medo de me perder
no dédalo do seu corpo,
explorar-lhe as proibidas
ruas e também os becos
mais íntimos e secretos.
Porque amar é conhecer
o âmago do ser.

14 Comments:

Blogger António Baeta said...

Belo! Lindo!

12:27 da tarde  
Blogger peciscas said...

Mais um belo poema, aliado a mais uma imagem do meu Porto. Desta vez, os magníficos azulejos da Capela das Almas.

12:38 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Abraços, Toy e Peciscas.

5:04 da tarde  
Blogger marta said...

Tão lindo.
beijinhos

7:38 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijinhos também, Marta.

9:01 da tarde  
Blogger RPM said...

Sim...

Amar é conhecer o interior do outro/cara metade...

concordo em absoluto.

abraço amigo

RPM

10:34 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro abraço, Rui Pedro.

9:26 da manhã  
Blogger Susana Barbosa said...

Torquato, este tenho mesmo de o levar comigo. Publicá-lo. Para que outros o possam partilhar. Por tanto ser. Por tanto amar. Portanto, o Amor. Quando existe, é assim. Não há nada melhor!
Bjs

12:49 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Bem haja e obrigado, Susana.
Bjs

2:39 da tarde  
Blogger isabel mendes ferreira said...

e...obrigada Su e T.L.


_________________que assim encontrei o labirinto.....


!

4:01 da tarde  
Blogger LB said...

E só assim verdadeiramente se conhece.
E que bela forma de o dizer...

Grande abraço

10:20 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Isabel:
Nada tem que me agradecer.

Luís:
Outro abraço.

9:26 da manhã  
Blogger Ana said...

"Amar é conhecer o âmago do ser."
Cidade ou mulher, é sempre o Amor.
Um beijo.

12:33 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Um beijo também, Ana.

9:36 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home