terça-feira, fevereiro 19, 2008

Madrugada












Foto TL

Não tenho tempo para o passado,
já me basta o futuro.
Há muito que enterrei bem enterrado
quanto havia a guardar. O que procuro
agora, sem pecado nem remorso,
é tão-só prolongar o alvoroço
do teu abraço visceral e puro.

E não quero mais nada
para a minha madrugada.

14 Comments:

Blogger mariazinha said...

como, não se querendo mais nada, se quer tanto...

:)

beijo*

6:55 da tarde  
Blogger Sophos said...

viver no momento, eternizando-o...é dificil, mas é 1 das filosofias da minha vida! Belo regresso

12:51 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijinhos, caras Mariazinha "inconfidente" e Sophos.

9:03 da manhã  
Blogger Fatyly said...

Com a leitura em dia...só posso dizer que sempre que venho aqui, saío com a alma cheia de liberdade:)

Obrigado poeta e fotógrafo.

Beijocas

1:51 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Agradeço-te a permanente generosidade, querida Fatyly.
Bjokas também.

4:59 da tarde  
Blogger Susana Barbosa said...

Ao futuro então, Torquato. Viva!
Bjs

6:50 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Viva também (e muita força!), cara Susana.
Bjs.

8:13 da tarde  
Blogger addiragram said...

Que bom retorno da pausa!
um beijinho

12:27 da manhã  
Blogger Maria Eloina Brandão said...

Caro Torquato!
Voltaste a pleno vapor! Fez-te bem o tempo de descanso. Que tudo te tenha corrido otimamente é o meu desejo.
Maravilhoso este poema. Muito lindo mesmo! Adorei!
Abraços daqui do Brasil.

1:04 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijinhos e abraços, caras Addiragram e Maria Eloína.

9:23 da manhã  
Blogger Mïr said...

Um regresso florido e perfumado.


Boa semana.

11:05 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Olá, Mïr, estou interessado em adquirir "A Chuva nos Espelhos", como já deixei dito em "A Luz do Voo".
Como posso?
Um bj.

2:21 da tarde  
Blogger Huckleberry Friend said...

Regresso em grande, Torquato! Um abraço.

3:42 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro abraço, dear Huckleberry.

4:42 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home