quinta-feira, abril 03, 2008

Dor















Eléctrico 28
Foto TL

Doem-me os livros que não li
e devia ter lido. São expostas
chagas que nunca hão-de sarar.
Assim também os filmes que não vi
e devia ter visto. São apostas
que perdi e não vou recuperar.

Mas a dor com mais sentido
é a da vida que não vivi
junto de ti
e devia ter vivido.

6 Comments:

Blogger addiragram said...

Pois...essa é, de facto, a maior das dores.Compreendo.
Um abraço.

9:50 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro abraço, cara Addiragram.

5:59 da tarde  
Blogger marta said...

Fico sem palavras

pela beleza e pela preocupação.



beijo

3:04 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Um beijo também, Marta.

9:11 da manhã  
Blogger João Filipe Ferreira said...

participe em www.luso-poemas.net

3:18 da tarde  
Blogger JRL said...

a dor de não viver. essa, não quero sentir. um beijinho.

11:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home