quinta-feira, outubro 09, 2008

Agenda











Foto TL, 2008

Houve tempo em que a agenda
se enchia de notas de aniversários,
mas pouco a pouco, por motivos vários,
um nome apagado hoje, amanhã uma emenda,
foi ficando despovoada.
E agora, não é por nada,
mas a verdade é que, por vezes,
passam dias, semanas, talvez meses
seguidos sem registo de um evento.
E não vale ensaiar qualquer lamento,
pois na recta final a visão do deserto
é o que tens de mais certo.

13 Comments:

Blogger Once said...

triste este ..

:)

11:47 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Há dias assim, cara "Once"...

:)

2:41 da tarde  
Blogger Huckleberry Friend said...

Ora, numa agenda dessas talvez caiba um saltinho ao codornizes, que está a celebrar um ano de blogosfera! Abraços.

4:33 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Já lá fui (como quase todos os dias) e deixei um abraço. Vai mais um ano, para começar, Pedro?

4:54 da tarde  
Blogger Tinta Azul said...

e dos oásis?
:)

8:56 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Pois, os oásis, cara "Tinta Azul"...

:)

9:19 da manhã  
Blogger Laura Lara said...

Extremamente triste, extremamente belo, extremamente verdade.
Bom fim-de-semana, Torquato.
Um beijo

11:15 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Lamentavelmente, querida Laura.
Bom fim-de-semana e um beijo também.

1:45 da tarde  
Blogger RAA said...

Gostei muito, como de costume.
Um abraço.

5:46 da tarde  
Blogger addiragram said...

Na agenda virtual, nascida da blogosfera, alguns nomes não passam esquecidos...
Noto que, por vezes, os nomes desaparecem, quando fico à espera que me procurem.
Quando se vive no campo, tudo se torna mais simples e natural.

7:36 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro abraço e obrigado, caro Ricardo.

Viver no campo... Que inveja, Margarida!

7:50 da tarde  
Blogger ana v. said...

Nem sempre a verdade é simpática. Mas pode ser dita de uma maneira bonita, embora triste, como é este caso.
Um abraço, Torquato.

6:43 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Embora por vezes doa, só a verdade vale, caríssima Ana. Houve nomes que já partiram para sempre, outros é como se tivessem partido... A vida é assim.
Um abraço também.

8:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home