segunda-feira, outubro 06, 2008

Dentro do olhar


















Foto TL, 2007
É dentro do olhar que principia
essa penumbra que, expulsando o dia,
pouco a pouco enevoa tudo em volta
e onde era luz semeia escuridão.
E é dentro do olhar que a solidão
origina a tristeza e a revolta.
Mas é também por dentro do olhar
que a manhã se ergue nua e anda à solta
e brilha intenso o verde-azul do mar.

7 Comments:

Blogger addiragram said...

Como bem soube dizer...E mais não digo.

11:50 da tarde  
Blogger Vicente said...

Redenção e renovação.

Eis o que experimentei!
Obrigado

12:42 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Bem hajam, Margarida e Vicente!

9:44 da manhã  
Blogger Once said...

e por vezes Caro Torquato é na esperança dessas manhãs que nos mantemos .. :)
Gostei muito.

11:19 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Na esperança, mas também na fruição, cara "Once"...

3:20 da tarde  
Blogger mim® said...

"E é dentro do olhar que a solidão
origina a tristeza e a revolta."

Porque a solidão não é mais que medo de si mesmo...
Bem haja!*

12:21 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Bem haja também, cara "mim".

9:25 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home