sexta-feira, fevereiro 11, 2005

Prece

Peço o meu pão
e a certeza de poder comê-lo
sem constrangimento.

E, se outra coisa peço, não
será mais que a tua mão no meu cabelo,
quando me toma o desalento.

("Voz Suspensa", 1970)

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Uma linda prece.

Bárbara Campos - barbcampos@yahoo.com

9:40 da tarde  
Blogger mariah said...

belo.
muito belo.


beijo,

maria azenha

6:11 da tarde  
Blogger mariagomes said...

que "coisa" linda!

maria

7:18 da tarde  
Blogger Pink said...

Simples, sintética e bela a tua prece! Alimento e ternura ... é o que pedes. Um beijo.

12:36 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home