segunda-feira, maio 07, 2007

Baixa de Lisboa










Rua da Betesga
Foto TL

Quando falo de nós
é de nós que ainda falo.

Naquele tempo
tu eras uma doce rapariga
que apetecia amar.

Hoje passeias no Rossio
a solidão do fim de tarde
e olhar-te é um arrepio.

(Set. 1999)

6 Comments:

Blogger Fatyly said...

Por vezes acontece. Parabéns Poeta!

Um beijo sincero

6:49 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Na altura, como hoje, referia-me à Baixa lisboeta, cara Fatyly.
Um bj também.

7:23 da tarde  
Blogger Fatyly said...

Foi nisso que pensei, porque trabalhei sempre nos Restauradores, Praça do Municipio e os últimos dois anos na Braancamp fui acompanhando a alteração paisagística para não falar da degradação. É um descalabro arrepiante e uma vergonha.

11:50 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

É isso mesmo, uma vergonha, Fatyly.

2:02 da tarde  
Blogger marta said...

E tanto lisboeta que também tem culpas...

5:45 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Pois é, Marta...

7:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home