sexta-feira, maio 11, 2007

Claridade









Jardim Botânico
(Escola Politécnica)
Foto TL

Tem luz no corpo, é uma estrela
que deambula à solta na cidade,
deixando atrás de si a claridade
que nasce só de vê-la.

Tem música na voz, é um violino,
uma harpa, um violoncelo.
E as cordas do seu cabelo
prendem o meu destino.

8 Comments:

Blogger Fatyly said...

O sol de uma liberdade sentida, sensível e acolhedora através da natureza no reboliço de uma vida.

Gostei muito!

Beijocas

7:35 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijocas também, Fatyly.

9:32 da tarde  
Blogger Susana Barbosa said...

... tão lindo quanto claro!
Bjs

10:47 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Obrigado e bjs, cara Susana.

9:03 da manhã  
Blogger Maria Costa said...

Lindo este destino preso na claridade.

4:03 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Maria Costa:
"A Luz do Voo" continua excelente. Parabéns.

7:14 da tarde  
Blogger Robson Corrêa de Araújo said...

Domingo, Maio 13, 2007
A vertical, deste horizonte



Meu amigo, aquele "peladeiro irresponsável" (e o faço sem sinais) chico da ana de holanda, estará na cidade no mesmo dia do lançamento do safra quebrada, livro do outro amigo SALOMÃO SOUSA (aquele que foi premiado com edição da 7 letras, RUÍNAS AO SOL...), o poeta que convida a terra para dançar em seus versos, não a terrinha, mas toda terra, portanto universal.
Fui premiado com os ingressos vips para ver o CHICO e o SALOMÃO, não é que estarei em dois lugares ao mesmo tempo, desta vez, pois já é possivel, mas minha THAÍS comprou os ingressos para o dia 16, já que dia 15, ás 19h, no CARPE DIEM da 104 sul, estaremos autografando o SAFRA QUEBRADA (..."sou co-autor"...pelas fotos..."), palavras do SALOMÃO: um livro que muito me alegra ter emprestado o olhar, pois rico é em imagens naturais da poesia brotando a flor da pele na colheita madura de quem lavrou com sangue e suor e não precisa de nenhum lorde para apresentá-lo. E este correio da manhã acorda com os pardais piando, dando nota de tijolo ao humus SAFRA QUEBRADA.
ACHO QUE VOU JOGAR NA PONTA DIREITA DESTA VEZ E CRUZAR PARA O PAGÃO MARCAR A MOÇA DE HOLANDA. O CHICO DEVE ESCALAR PARA JUNTOS DRIBLARMOS IN FINTA TODA ZAGA BRAzILIENSE...
e o "... caro amigo afonsinho continua aqui mesmo aperfeiçoando o imperfeito, dando um tempo dando um jeito, pois a perfeição é uma meta defendida pelo goleiro que joga na seleção e eu não sou pelé nem nada, se muito for sou um tostão..." SEM MAIS DELONGAS, A PARTIDA É ENCERRADA COM ESTE GOL DE PLAQUETE DO AVANTE SALOMÃO SOUSA :

A vida

Um longo monólogo
logo
sem nenhuma conclusão

12:59 da tarde  
Blogger Teresa Durães said...

gostei bastante!

3:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home