terça-feira, maio 15, 2007

Jacarandás

















Avenida Dom Carlos I, hoje
Foto TL
Agora que os jacarandás estão de novo em flor
e tu pões mais uma vez o vestido azul-violeta
que tanto gosto de ver em ti, caríssima Lisboa,
eis que voltamos ao nosso namoro adolescente.
Lembro-me bem do primeiro encontro:
tinhas o ar de quem me esperara desde sempre
naquela avenida debruando o Tejo
e eu trazia nos olhos a alegria de saber
que nenhum mal nos pode acontecer
enquanto florirem os jacarandás.

9 Comments:

Blogger Laura Lara said...

Há beleza em todo o lado.
Beijinhos

4:40 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijinhos também para ti, Laura.

5:29 da tarde  
Blogger LB said...

Também me lembro bem do meu primeiro encontro. Mas nunca o poderia descrever assim...

Um abraço

7:08 da tarde  
Blogger Fatyly said...

E de facto são lindissimas.
Para não variar...gostei muito:)

Um abração

9:43 da tarde  
Blogger marta said...

Estes jacarandás da fotografia, parecem pinturas.

Lindo poema.

Fico a rezar, não sei a quem, que lhe não aconteça mais nenhum mal


Beijinho Torquato da Luz

12:21 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro abraço, Luís.

Um abração também, Fatyly.

Mais um beijinho, Marta.

9:56 da manhã  
Blogger António Baeta said...

Essa Lisboa que amamos....

Abraço.

12:33 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

É isso, Toy. Outro abraço.

3:34 da tarde  
Blogger maat said...

Beleza por todo o lado. Apetece andar por Lisboa no meio deles e ouvir os pássaros...

Boa semana,

***maat

10:14 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home