sábado, outubro 20, 2007

O mundo antes









Acrílico sobre tela
TL, 2007

Não me lembro do mundo antes de ti
e ainda bem que não me lembro,
porque era certamente um quarto escuro,
uma cela infecta de condenado,
um tugúrio miserável.

Não me lembro do mundo antes de ti
e ainda bem que não me lembro,
porque era certamente um túnel
sem luz ao fundo, uma lixeira
em terra escalavrada.

Não me lembro do mundo antes de ti
e ainda bem que não me lembro,
porque era certamente um campo cheio
de matéria putrefacta
e ar irrespirável.

Não me lembro do mundo antes de ti
nem me quero lembrar.

13 Comments:

Blogger JRL said...

Gostei tanto deste, Torquato! Beijinho e bom fim de semana.

1:58 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Ainda bem, Joana! Outro beijinho e bom fim de semana também.

2:30 da tarde  
Blogger addiragram said...

Só os poetas sabem dizer, da melhor maneira, a genuína natureza do amor.

6:13 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Acredito nisso, Addiragram.

10:28 da tarde  
Blogger marta said...

Será que voltei aos problemas existenciais, e o que sinto com estes poemas não é mais do que isso?

Mãe?!

Mas que gosto deles, isso gosto, e também os posso entender como quiser, não?


Beijinho

10:32 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Certamente, Marta!
Mais um beijinho.

10:39 da tarde  
Blogger Fatyly said...

Situação de quem está preenchido pelas emoções gratificantes. Só um poeta como tu poderia expressá-la dessa forma.
Parabéns!

Beijos

8:50 da tarde  
Blogger RAA said...

Um grande poema de amor. Um abraço.

11:17 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijos também, Fatyly.

Outro abraço, Ricardo.

8:58 da manhã  
Blogger Mar Arável said...

não nos lembramos

de coisas por vezes simples e belas

por vezes nãotemos memórias

mas

não existem amanhãs

sem memórias

de tudo

Sopro-te e voo

12:31 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Obrigado pelo poema, caro Filipe.

10:20 da manhã  
Blogger Laura Lara said...

Tão belo, Torquato!
Beijinhos

6:47 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijinhos também, Laura.

8:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home