quinta-feira, março 26, 2009

Interim














Rua de S. Bento / Foto TL, 2009
Tudo é sempre tão depressa
e tudo tão de repente
que, embora tal não pareça
a muita gente,
esta vida, mal começa,
logo tem à vista o fim.
Salva-se, nesse interim,
por maior que seja a dor,
a coisa com mais piada
que jamais foi inventada
e tem o nome de amor.

9 Comments:

Blogger once said...

mágico interim .. :)

5:04 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Certamente, Catarina :)

5:20 da tarde  
Blogger Mar Arável said...

No ponto

poeta

10:11 da tarde  
Blogger addiragram said...

Sem dúvida, "a coisa com mais piada":)

10:45 da tarde  
Blogger jrd said...

Salve-se quem puder e o amor pode.

11:20 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Olá, Filipe, Margarida e JRD. Bom fim-de-semana!

2:06 da tarde  
Blogger mdsol said...

:))

10:14 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Andei por aqui a ler as novidades,

os lugares e as flores, a que nos
habituou.

A mesma sensibilidade de sempre!

Um forte abraço.

1:32 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Também o visito regularmente, caro Vieira Calado.
Outro abraço.

10:14 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home