terça-feira, fevereiro 07, 2006

Sinfonia

Enternece-me a música
que desprendem os teus olhos,
melodia única,
da família dos sonhos.

Misteriosas paisagens
espraiam no teu rosto
o som líquido das vagas
confluindo no porto.

Não sei de outra sinfonia
para a perfeição dos dias.

(2006)

9 Comments:

Blogger António Baeta said...

Que beleza, meu amigo!

6:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mais uma vez FANTÁSTICO!
Quem me dera escrever assim!
beijinhos grandes e muitos,
Mj

7:41 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Um abraço, Toy.
Mts jinhos, Mj.

8:24 da tarde  
Blogger Pink said...

Amor em metáfora musical. Lindo!

Um beijo

11:33 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro beijo, Pink.

9:01 da manhã  
Blogger Laura Lara said...

Torquato
Que sinfonia enternecedora.
Beijinhos

4:54 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Beijinhos também para ti, Laura.

6:53 da tarde  
Blogger Eva Luna said...

Distribui tantos beijos que não vai sobrar nenhum para mim. Lindo poema. Enternecedor, como diz a Lara.

1:54 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

A provisão é grande, pelo que haverá sempre um beijo para a Eva.

9:18 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home