domingo, fevereiro 08, 2009

A meta















Jardim da Estrela/Foto TL, 2007

Falta-nos pouco tempo, aceleremos,
que já se avista a meta
e não há artifício de poeta
que mude o imutável, bem sabemos.

Prego ao fundo, portanto, e mal ou bem
vençamos o que resta da etapa,
indiferentes ao que o mapa
para diante contém.

5 Comments:

Blogger Fatyly said...

"vençamos o que resta da etapa"... e pensamento positivo é o que todos precisamos.

Um belo poema!

A foto...olha os catos cheios de figos hummmmm que delícia...já comi dois:)

Um abraço e um resto de bom domingo.........chuvoso!

5:08 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Um abraço também, Fatyly. Uma boa semana!

6:30 da tarde  
Blogger Portaria ILEGAL said...

Aprenda a roubar Portugal aqui: http://portaria-59.blogspot.com/

9:52 da tarde  
Blogger mdsol said...

É isso! Ir...
Impecavelmente dito!
:))

12:04 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Mdsol:

:))

9:43 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home