sexta-feira, junho 03, 2005

Excesso

Amor só é amor se for em excesso.
Ou se ama sem limite ou não se ama.
Só ama de verdade quem dá tudo.

Não há meio termo, não, não há processo
de amar sem se ter sempre acesa a chama
que nos transforma, transformando o mundo.

(2005)

4 Comments:

Blogger mariagomes said...

lindo, amigo!

os meus parabéns, grande poema.
bj

maria

7:04 da tarde  
Blogger JG said...

"Só ama de verdade quem dá tudo." E eu sei bem que assim o é. Belo poema. Um abraço.

10:17 da manhã  
Blogger Pink said...

Belíssimo poema ... pleno de verdade. O problema está quando a chama enfraquece e quase apaga ... Um beijo.

11:50 da tarde  
Anonymous Menina_marota said...

E, não é que eu concordo?

Para mim, o amor é assim mesmo...

Belo...

;)

4:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home