quinta-feira, novembro 20, 2008

Pescaria
















Barlavento/Foto TL, 2007

Pescador de águas límpidas, lancei
a minha rede e esperei.
Mas o peixe fugiu, foi mais sagaz
do que algum dia imaginei.
Agora só me resta ser capaz
de começar de novo a pescaria,
até um dia.

12 Comments:

Blogger once said...

não acredito em "começares de novo" eu .. mas creio na experiência que se segue .. ;)
Bom fim de semana Poeta

Catarina

12:55 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Mas na pesca é assim, Catarina.
Bom fim-de-semana também.

2:44 da tarde  
Blogger addiragram said...

Todos os dias começamos de novo, porque todos os dias vencemos a morte.

Um grande abraço

4:56 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Importa, por isso, aproveitar cada dia.
Outro grande abraço, Margarida.

6:49 da tarde  
Blogger Sophiamar said...

Desistir? Nem pensar! Força!

Um abraço

9:13 da tarde  
Blogger susecris said...

Acabou de receber o prémio Dardos.

Agora é só cumprir as regras. Quem recebe o “Prémio Dardos” e o aceita deve:

1. - Exibir a distinta imagem;

2. - Linkar o blog pelo qual recebeu o prémio;

3. - Escolher quinze (15) outros blogs a que entregar o Prémio Dardos.

12:05 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Com certeza, cara Isabel. Vamos continuar!
Outro abraço.

10:20 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

É uma distinção que muito lhe agradeço, cara Susana.
Lamentavelmente, as características do "Ofício Diário" - que pretendo manter - não me permitem seguir a corrente.
Um abraço.

10:21 da manhã  
Blogger Tinta Azul said...

A pesca. Ofício de paciência.

:)

9:57 da tarde  
Blogger Torquato da Luz said...

Pois é, cara "Tinta Azul" :)

8:59 da manhã  
Blogger Fatyly said...

A vida é a maior pescaria e ao despertarmos para mais um dia, lancemos as redes com ânimo.

Parabéns poeta!

Um beijo

10:58 da manhã  
Blogger Torquato da Luz said...

Outro beijo, Fatyly.

2:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home